Storytelling: O que é? Como utilizar?

Storytelling

Compartilhe!

É fato que por muito tempo, a preocupação das empresas ou marcas se concentrava apenas na venda de seus produtos, informando seus clientes sobre as qualidades, diferenciais e preços de seus produtos e serviços.

Porém houveram mudanças significativas quanto à isso ao decorrer dos últimos anos, abrindo espaço para conceitos de Marketing de conteúdo e Storytelling.

O que é perfeito para o engajamento, pois o ser humano se move através de motivações, que são geradas por histórias que o comovem, trazendo também o motivo para alguma ação. E para isso, o Storytelling é perfeito.

Mas o que é storytelling?

Storytelling é na verdade, a arte de contar histórias com o objetivo de engajar a audiência. E tem se tornado extremamente importante em campanhas de marketing, justamente por ser uma ferramenta tão valiosa.

Com o Storytelling é possível transmitir informações de uma maneira mais divertida e que realmente gera interesse no público. O objetivo é contar histórias que envolvam a marca e quais soluções ela ou seus produtos irão trazer para fazer a diferença na vida de potenciais clientes, para assim, convence-los de que ao adquirir um produto ou serviço, serão recompensados com a resolução de algum problema.

Histórias fazem parte de uma linguagem universal que todo mundo consegue entender, pois estimulam os sentimentos e a imaginação, criando um senso de comunidade entre quem está contando e quem está escutando (a marca e seu público).

Mas é importante lembrar que mesmo sabendo contar histórias, é importante fazer isso de maneira em que a sua audiência seja cativada, o que não é nada fácil. É necessário ter um ritmo para os acontecimentos, trazer a sensação de momentos de calma, mas também os de ação, construir personagens e dar profundidade à eles, descrever cenários, detalhar ideias, etc…

Como realizar um bom Storytelling? 

Compreenda a visão de mundo do seu público

É preciso conhecer a fundo a mente do seu cliente ideal, saber quais são as suas dores, hábitos, principais objetivos, objetivos secundários e desejos. Para que assim, seja possível ter um ponto de partida definido para a criação de um conteúdo que alcance a persona ideal.

Escolha a ambientação e os personagens

É importante escolher onde a história se passa como um cenário imaginário relacionado com a visão de mundo que já se conhece e situações que já costumam ocorrer. Mas também onde a história será divulgada, no momento de promover conteúdo, é importante que você pesquise quais são os ambientes em que você encontraria seu público.

E toda história tem personagens, o que é essencial para conectar uma audiência ao enredo que está sendo contado, são na verdade uma ponte que liga o storyteller (o contador de histórias) ao seu público.

Se sua audiência se identificar com seus personagens, é muito provável que seja estabelecida uma conexão também com sua marca e seus produtos ou serviços.

Desenvolva um conflito

O conflito faz parte do caminho do protagonista em busca de vencer desafios, é necessário que haja um conflito para que exista uma jornada, em que seja possível apresentar uma solução de seus desafios.

Isso deve ser feito com bases nas dores da sua persona, afim de criar uma identificação com problemas que serão solucionados a partir de seus produtos ou serviços.

Crie uma resolução

Toda aventura tem um fim, certo?

A solução da sua história deve envolver todos os acontecimentos, providenciar um contexto em torno dos personagens e dos conflitos e deixar sua audiência com um call-to-action.

O storytelling geralmente demanda apresentar noções altamente complexas com significados intensos para a maioria das pessoas. O que atinge o emocional, que é conhecido por interferir significativamente na tomada de decisões.

Para concluir é necessário dizer que, o ideal é contratar uma Agencia para auxiliar na criação de conteúdos e consequentemente em Storytelling também, entre em contato com a gente!